quarta-feira, 21 de setembro de 2016

costumo fazer segredo disto mas foi uma vitoria contra a minha inercia

Andei meses a espera que a vontade chegasse para escrever. O embrulho estava pronto há uns meses mas faltava a carta que o devia acompanhar. Passou o Verão todo e eu sem conseguir fechar o envelope, por não ser capaz de escrever de forma escorreita, dado o cansaço.

No sábado, senti-me capaz. Escrevi uma carta simples, a moda antiga - a mão- fechei o envelope e fui, a correr, po-lo no correio. Foi desta que a coisa se fez, sem esforço.

Espero que o embrulho já tenha chegado ao destino e tenha cumprido o seu objetivo: fazer sorrir!

[e eu talvez ande agora com um pouco mais coragem do que apenas estar quietinha-porque a vida tem sido feita de batalhas]

1 comentário:

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)